O Sentido das Coisas

O Sentido das Coisas

8 1116

Por mais que eu já tenha respondido essa questão pra mim mesmo, sempre volto a me perguntar: para onde estou indo? Qual o sentido das coisas? Pelo que estou lutando? Eu gosto de ter certeza que não estou só sendo levado, só trabalhando para pagar as contas, só indo dormir para acordar. Eu quero ter certeza de que estou colocando, entre um dia duro e outro, um pouco de sonho.

Há dias, em que meu coração se acalma com a beleza. Das árvores, das pessoas sendo gentis ou carregando os filhos pelo braço na rua. Há dias, em que meu coração fica em paz quando vejo que meus desejos estão logo ali adiante, olhando pra mim. Em outros, ele fica quietinho quando me lembro que já vivemos histórias incríveis juntos. A cada vez que essa pergunta me surge, respondo com motivos diferentes, a mesma coisa. O sentido maior de estar aqui é viver, oras. Não biologicamente, mas viver, na intensidade máxima da palavra, buscando.

Viver é amar a pessoa errada com tudo de si, ao menos uma vez. É arriscar perder e realmente perder tentando ser livre. É aprender a levantar, é dar um jeito de rir de si mesmo quando for preciso. Viver é exercitar o afeto, ligar em horas inesperadas, fazer pequenos cartões e enviar pelo correio. Viver é mudar de ideia, é abraçar o inesperado, é se abrir para as novas sensações, é cuidar dos nossos sentimentos, é manter-se no prumo.

Certa vez, um sábio me respondeu que é bobagem procurar um sentido para a vida, quando já se tem cinco sentidos. A questão é saber destacar um sentido por vez. Há momentos que precisam ser cheirados, feche os olhos! Há dias em que você precisa sentir o gosto verdadeiro, faça silêncio. E depois experimente tocar, mesmo sem pretexto, os dedos cansados da sua companhia. Deixe-se tocar, não faça perguntas, sinta.

Sente-se para ouvir uma música que não conhecia. Quando tiver um tempinho, trate o músico de rua como um grande artista conhecido. Assista-o sem pressa, dê-lhe os parabéns, absorva sua melodia. Com o tempo, eu descobri que a gente se sente profundamente vivo quando faz os outros se sentirem também. Quando a dúvida vier, quando parecer não ter sentido, lembre-se que o sentido da vida é viver. Cabe a nós fazer com que esse verbo simples faça todo o sentido.

Diego Engenho Novo


A gente se encontra nas redes sociais : )

https://www.facebook.com/DiegoEngenhoNovo/

twitter: @engenhonovo

snapchat: diegoengenho

instagram: @engenhonovo

youtube.com/diegoengenhonovo

https://plus.google.com/+DiegoEngenhoNovo

 

 

SIMILAR ARTICLES

0 761

0 306