Às Pérolas

Às Pérolas

0 263

“Tentaram me fazer carregar uma culpa que não era minha, como um animal passivo que segue a própria sombra. Mas eu não levo, não levo adiante nada que não seja meu. E diante de toda a covardia, e diante de toda a maldade, sempre me levantei e caminhei mais um pouco. Como a ostra que, para se defender dos intrusos, envolve-os da toxina do medo até formar pérolas em volta de todo o mal por dentro”

Leia esse texto completo clicando aqui.

SIMILAR ARTICLES

0 307

0 280