A Mulher Que Eu Amo

A Mulher Que Eu Amo

0 1102

A mulher que eu amo leva nas pontas dos dedos uma extensão de mim. Como que me continuando, como que me levando adiante, como que me tornando maior, infinitamente maior. E esses dedos, quando me tocam, me devolvem a vida após um dia gigante, enfrentando os descabimentos do mundo.

A mulher que eu amo carrega em seus cabelos um pouco de mim. Embrenhado em seu cheiro, indo, ela também me torna livre. E eu voo por aí de carona em seus pensamentos, copiloto de suas inseguranças, tentando lembrá-la a todo o momento que eu a amo e isso resolve tudo no final das contas.

A mulher que eu amo conhece meus sonhos, meus silêncios e entende minhas pausas melhor do que eu. É por isso, que às vezes olho pra ela, calado, por um tempo sem pressa, pra reencontrar meu caminho, pra jamais me esquecer do que me faz feliz de verdade. De algum jeito, ela sempre me mostra o caminho, de algum jeito, quando com ela, nunca estou perdido.

A mulher que eu amo carrega um sorriso que mais parece uma nuvem se abrindo sobre um lago, polvilhando raios de sol sobre as crianças que aguardam. Nos dias cinzas, em que a nuvem se fecha e o lago se isola, isso não o torna menos bonito. Entendê-lo só me faz adorá-lo mais. Eu morarei à beira dela, garantindo que tão quanto me faz bem, ela também lembre-se sempre porque é feliz.

Diego Engenho Novo


Curta a minha página no facebook:

https://www.facebook.com/DiegoEngenhoNovo/

E tem mais

twitter: @engenhonovo

snapchat: diegoengenho

instagram: @engenhonovo

youtube.com/diegoengenhonovo

https://plus.google.com/+DiegoEngenhoNovo

SIMILAR ARTICLES

0 418

0 858